"Chega mais, amigo! Sente-se logo à mesa, afina teu violão e cante comigo a canção que fiz pra vencer a tristeza."

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Travesseiros

A noite
te entrega pra mim
já farta de um dia
que foi tão ruim.
Que foi de matar.

Chega em casa cansada,
joga a bolsa no chão,
pois está tão pesada.
Pois está pra chorar.

Ao me ver não segura,
sobe os braços abertos,
e sorri com doçura.
E sorri pra me amar.

Amanhã logo cedo,
vou roubar com teu véu,
pra fazer travesseiros,
estas nuvens no céu.

Se deite comigo, amor!
Que eu quero sonhar.
Sonhar com teus sonhos,
pra você não chorar.